Como o coronavírus pode impactar o mercado de afiliado

Há menos de um mês a vida não é mais a mesma. Estamos privados da vida social, de sairmos para fora de nossas casas devido ao Coronavírus que circula lá fora.

A proliferação do novo Covid-19 foi elevada para pandemia, interferindo drasticamente não apenas nos nossos hábitos diários como também no mercado financeiro e econômico mundial.

A grande preocupação é a curva exponencial de crescimento do vírus, ele se espalha muito rapidamente e continuará assim por algum tempo.

Não sabemos ao certo quantos serão o número de casos e, infelizmente, o número de mortos. O vírus é novo e nenhum de nós temos anticorpos para ele (apenas os infectados começam a ter anticorpos, mas ainda não se sabe se poderão se infectar novamente).

Isso gerou enormes quedas nas bolsas de valores de todo o mundo, o que afeta qualquer empresa.

Além disso, as pequenas e médias empresas estão impedidas de comercializarem seus produtos e serviços e já sentem os efeitos do Coronavírus.

O objetivo agora é tentar diminuir o impacto na economia para minimizar a crise que virá inevitavelmente. Por isso, é tão importante que você e todos brasileiros permaneçam na segurança do seu lar.

Quanto mais nos ajudarmos nesse momento, mais rápido sairemos dessa situação.

Mas como ficam as vendas para você afiliado? É sobre isso que vamos falar nesse artigo.

Não explore a situação

O momento é para tentarmos ajudar uns aos outros, de sermos solidários e minimizar o medo e pânico coletivo.

Portanto, não explore a ansiedade e o medo das pessoas. Não tente aumentar os preços dos seus produtos por ter visto uma janela de oportunidade.

E não aproveite a situação de histeria coletiva para ganhar dinheiro.

Não é momento para encontrar um nicho lucrativo durante o Coronavírus. Se você puder ajudar alguém faça, você será recompensado.

Eu realmente não recomendo que você explore a situação do Coronavírus para ganhar dinheiro fácil. Não é apenas errado, é também pensar muito pequeno.

Como fica o tráfego orgânico com o Coronavírus

Como o coronavírus pode atingir o mercado de afiliados

O comportamento das pessoas já começou a mudar.

Elas estão em casa, a maioria em home office ou sem trabalhar por um tempo, o que aumenta o número de acessos à internet.

Com isso em mente, você precisa aparecer ainda mais para o seu público e se tornar visível.

Se você já tem uma estrutura pronta com blog, Instagram e YouTube, distribua ainda mais conteúdo nesses canais. Caso sua estrutura ainda não esteja pronta, tente acelerar o processo para começar a criar conteúdo para sua audiência.

Quanto mais rápido você fizer isso, mais você ganha com o tráfego orgânico.

Se você está perdido, sem saber qual rumo tomar, ou mesmo não sabe como montar uma estrutura de afiliado, te indico um curso que na minha opinião é o melhor nessa área.

É o Fórmula Negócio Online, o melhor curso para afiliados que está na sua versão 3.0, totalmente atualizado com todas as estratégias para ter um negócio online de sucesso.

Agora que o contato humano se tornou perigoso, é no meio online que as coisas vão acontecer. E você precisa estar presente para sair ganhando com isso.

Com mais tráfego orgânico você ganha autoridade ainda mais rapidamente. É só uma questão de tempo até as vendas começarem a chegar.

E não só isso, você pode aumentar consideravelmente o número de leads durante esse período.

A ordem agora é trabalhar bem com o conteúdo e tirar proveito do tráfego orgânico.

O que acontece com as vendas?

Coronavírus no mercado de Afiliados

Você pode pensar que as vendas vão cair, mas temos que analisar um pouco mais a fundo. Então vamos dividir a situação com o Coronavírus em dois momentos: curto e longo prazo.

Curto prazo

No curto prazo as pessoas ainda não têm noção dos efeitos do Covid-19 e ainda estão tranquilas com relação a situação financeira. Ou seja, ainda não estão tão preocupados em gastar dinheiro.

As vendas podem seguir normalmente no curto prazo, ainda mais se analisarmos que mais pessoas estão em casa, muitas sem ter o que fazer, e com acesso à internet.

De acordo com entidades do setor, na primeira quinzena do mês de março foi registrada alta de 30% a 40% nos pedidos online em relação ao igual período do ano passado.

É claro que alguns nichos saem na frente, principalmente aqueles ligados à saúde, bem-estar e alimentos.

Você pode vender cursos para as pessoas fazerem receitas e exercícios em casa, cuidado com a saúde. Com certeza, essas áreas terá um grande aumento.

De um modo geral, as pessoas estarão em casa sem ter muito o que fazer e é muito provável que queiram investir em estudos ou aprender algo novo.

Além disso, o momento é de mudança, de olhar para dentro e jogar fora o que não se quer mais e seguir com aqueles desejos mais internos. A mudança não é apenas exterior, mas interior também.

Então, muitas pessoas vão querer investir nos sonhos que estavam guardados nas gavetas. E, é provável, que invistam em novos negócios.

E esse é o momento em que você ainda pode investir no tráfego pago e testar novos produtos, dentro disso que acabei de falar. É importante que você faça tudo com muita cautela, você não quer perder dinheiro.

Longo prazo

Covid-19

Não sabemos como vai ser a evolução do Coronavírus aqui no Brasil, não temos nenhum nada sobre a evolução da doença aqui e não sabemos quanto tempo poderá durar.

Estamos no final de março e ela está apenas começando a avançar.

Quanto mais tempo ficarmos confinados, mais a economia sofrerá. As pessoas terão que consumir apenas o básico, porque não saberão ainda quando terão uma vida normal.

Então, no longo prazo as vendas poderão cair consideravelmente.

As pessoas ficarão ainda mais inseguras e o medo pode tomar conta. E isso nos leva a um caminho, ficaremos todos contidos, gastando apenas com o essencial para sobrevivermos.

É claro, algumas pessoas são mais prevenidas do que outras e, por isso, podem diminuir o consumo de bens de luxo logo no início, já antevendo a situação econômica futura.

No entanto, alguns produtos nadam contra a crise. O que significa dizer que vendem mais durante a crise.

Como é o caso do Fórmula Negócio Online. Se você fizer o curso pode se tornar um afiliado e vender o curso mesmo em tempos de crise.

O Alex Vargas vende esse treinamento há muitos anos e já analisou o número de vendas durante a crise e observou que a taxa de conversão sempre aumenta.

Tenha medo quando os outros forem gananciosos e seja ganancioso quando os outros tiverem medo

Essa é uma frase do Warren Buffett, vamos analisar.

Antes mesmo do Coronavírus se tornar destaque aqui no Brasil, a bolsa de valores americana já apresentava uma queda gigantesca. Observe o seguinte, a bolsa americana é consolidada e sempre se mantém sem apresentar quedas e subidas vertiginosas.

Uma queda brusca na bolsa americana significa um momento de grande atenção do mundo.

Consequentemente nossa bolsa de valores caiu de maneira assustadora, fazendo muitas pessoas não só perderem dinheiro como irem a falência em questão de horas.

Em uma baixa econômica a concorrência diminui muito. Faça uma pesquisa e perceba que muitas pessoas deixaram de fazer anúncios no Google.

Somando a questão financeira mundial ao Coronavírus, temos boa parte da população retraída e com medo. 

A grande parte dos afiliados estão se contendo, diminuindo os orçamentos em anúncios e mesmo deixando de anunciar. Esse pode ser um ótimo momento se você se manter firme para enxergar boas oportunidades.

Essa semana, vou fazer isso. É claro, você deve analisar muito bem o mercado, analisar o produto e se manter cauteloso, não fazer grandes investimentos e se arriscar demais.

Vai com calma. Analise a concorrência e faça suas apostas.

Fórmula Negócio Online

Conclusão

É preciso que você saiba que essa é uma situação nova, não temos histórico de uma pandemia com o Marketing Digital.

A última pandemia que tivemos foi em 1918 com a gripe Espanhola. Nessa época não existia nem mesmo a internet, então não temos dados para analisar, estamos completamente no escuro.

Tudo que falei foi baseado em análise, nada pode ser levado como uma verdade absoluta.

Não sabemos o que vai acontecer daqui a 15 dias quando o Coronavírus se instalar, de fato, aqui no Brasil. Muito menos, sabemos como será os próximos meses e quanto tempo permaneceremos em casa isolados.

Tudo é muito novo e, por isso, você precisa analisar muito bem qualquer atitude que envolva um risco mais alto.

O que posso dizer, com certeza, é que você deve investir em conteúdos relevantes e no tráfego orgânico sem medo.

Se proteja, fique em casa!

Sobre o Autor

Graciella Neves
Graciella Neves

Investe no marketing digital há 4 anos e há cerca de 3 anos se dedica exclusivamente ao empreendedorismo digital. Quer aprender como isso é possível? Acompanhe aqui no blog!

    0 Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.